Em Foco

Devocional Diário 08/09/21

Introspecção:

TEXTO BASE: Gênesis 22

 

Você sabe qual é a primeira vez que aparece a palavra “adorar” na Bíblia? Muitas vezes, para entendermos o significado de um termo, é importante buscarmos suas origens. A primeira aparição da palavra “adorar” não foi em um ambiente de música, de festa, de alegria, de dança… essa palavra apareceu quando Abraão estava prestes a subir o monte Moriá, após receber uma palavra de Deus para sacrificar o próprio filho. “Depois de adorarmos, voltaremos”, foi a frase dita por Abraão.

A adoração é um gesto de profundo amor, de honra. É uma manifestação de reverência, de serviço. É uma expressão absolutamente verdadeira, genuína, profunda para com Deus. No caso de Abraão, portanto, o contexto da adoração traz algumas características diferentes do nosso entendimento tradicional de adoração através da música:

  • Adoração é obediência: Aquele que pratica os mandamentos de Deus é quem ama (João 14v21). A obediência talvez seja a manifestação mais profunda de adoração. Abraão foi chamado a sacrificar seu
  • Adoração é renúncia: Definitivamente, não era um momento prazeroso, um momento de alegria e êxtase que Abraão estava Mas, era um momento de total conflito e tensão.
  • Adoração é confiança: Você observou que Abraão disse “voltaremos”? Ele não disse “voltarei”. Ele acreditava que Deus “iria prover o cordeiro”. Abraão, naquele momento, confiou em Deus de todo o coração, e o Senhor disse: “Agora sei que você teme a Deus” (Gen 22v12).

Portanto, queria propor algumas reflexões importantes para nossa igreja contemporânea.

  • A música é uma das formas de adoração. É uma das formas de expressar nosso amor à Deus. Mas, não é a única forma! Adorar é muito mais do que
  • Adoração extravagante, portanto, não é aquele que canta mais alto ou que dança mais empolgado. É aquele que honra ao Senhor no seu dia a dia, em tudo o que faz. Se você gosta de cantar quietinho ou nem gosta muito de música, não se sinta inferior. Não se compare com os Você pode ser um adorador extravagante!
  • Em tempo: ainda que seja tímido, como eu sou, busque cantar bem alto, tente levantar as mãos, romper um pouco seus Isso traz liberdade e sinaliza a presença de Deus naquele ambiente!

Oração:

Pai, ajuda-nos a voltar a essência da adoração. A essência és Tu. De Ti, por Ti e para Ti são todas as coisas. Ensina-nos a obedecer, renunciar, confiar, honrar ao Senhor de todo o coração. Em nome de Jesus, amém!

Marcelo Barros