Em Foco

Devocional Diário 16/10/21

Introspecção:

Texto base: “Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome” (Salmos 103:1).

 

A palavra Selá aparece isoladamente por 71 vezes no livro de Salmos. Esta expressão também ocorre 3 vezes, originalmente no livro do profeta Habacuque  (Hb 3:3;9;13). Com base nas características dos textos em que esta palavra ocorre, é amplamente aceito que Selá realmente tenha sido um tipo de sinal musical que provavelmente significava uma pausa na melodia, talvez no acompanhamento da orquestra, ou mesmo uma mudança de entonação ou intensidade durante cânticos ministrados ao Deus Todo Poderoso de Israel.

  1. Alguns entendem que esta palavra se referia a um sinal litúrgico, a partir do qual talvez fosse indicado um movimento corporal. Por exemplo, o ato de elevar as mãos em atitude de oração. Nesse caso, a palavra poderia ser derivada de “salal”, “elevar”.
  2. Nessa mesma linha, há quem defenda que esta palavra tenha sido derivada de uma raiz aramaica, “sl”, que significa “prostrar-se”, e que, portanto, seria um sinal para que, num determinado ponto, o adorador devesse se prostrar.
  3. Outra sugestão de interpretação sugere que Selá seria um tipo de expressão de adoração que era utilizada na liturgia, talvez transmitindo algo semelhante às palavras “amém” e “aleluia”. A Vulgata, tradução da Bíblia para o latim, parece favorecer este sentido, traduzindo a palavra “Selá” em um sentido de “para sempre”.
  4. A Septuaginta, tradução grega do Antigo Testamento, traduz a palavra “Selá” por “diapsalma”, o que provavelmente implica num intervalo, interlúdio musical, mudança de tom ou até mesmo num comando para que o instrumental fosse tocado mais forte, ou a própria voz fosse entoada com mais intensidade. Apesar das demais sugestões, esta última é a mais aceita como o provável significado de Selá na Bíblia.
  5. Estamos vivenciando uma pausa em nossa agenda, para que, neste final de semana, possamos adorar, louvar, elogiar o Deus Todo Poderoso de Israel. Nosso tema é: “Como Brasas Vivas do Altar”.

Uma Igreja grande para impactar e em células para amar, cuidar e se importar. Junte-se a nós! Somos Igreja JUNTOS! Vem ser IGREJA com a gente, a IGREJA está ON!

Em Cristo,

Pr. Wesley Nascimento