Em Foco

Devocional Diário 20/09/21

Introspecção:

Texto base: “Louvemos o Senhor, o Deus de Israel, pois ele veio ajudar o seu povo e lhe dar a liberdade” (Lucas 1:68).

 

A ênfase desse cântico está na salvação operada pelo Senhor por intermédio do Messias. Nele, Zacarias exalta a bondade de Deus ao lembrar-se da aliança com seu povo enviando Jesus. A salvação operada pelo Messias é o assunto principal; portanto a ênfase está na ação redentora de Deus. Por meio da leitura desse cântico, torna-se evidente que Zacarias, inspirado pelo Espírito Santo, compreendia que seu filho era o precursor do Filho de Deus, e que a missão dele era anunciar que o Messias havia chegado para salvar o mundo de seus pecados.

Nos primeiros versos do cântico, são dadas ações de graças por dois motivos principais: Em primeiro lugar, Deus visitou e redimiu o seu povo, expressões que descrevem a forma pessoal e direta como Deus lida com seu povo. Em segundo lugar, Zacarias descreve a força da salvação operada. A salvação que vem de Deus é plenamente eficaz e poderosa, porque o Salvador é Todo- Poderoso. O verso 70 deixa claro que a salvação celebrada é o cumprimento das promessas antigas que o próprio Deus fez ao povo. O envio do Messias é resultado da fidelidade de Deus às suas promessas. Diante de tudo isso, Zacarias glorifica com alegria: “Bendito seja o Senhor”.

O maior proposito da salvação Zacarias é descrita pelo v.74. A verdadeira adoração, perfeita, sem barreiras, impedimentos ou máculas, acontece quando estamos libertos. Afinal, Deus nos libertou para que fôssemos de fato livres (Gl 5:1ª). Zacarias canta que a salvação, vinda do Senhor, permite que adoremos a Deus em santidade, liberdade e justiça todos os dias da nossa vida.

Zacarias encerra seu cântico falando de luz e direção. Algo que só o Senhor pode dar ao ser humano. A palavra final desse salmo é: paz. Os que confiam no Senhor acalmam o coração e se fortalecem Nele para continuar a caminhada até sua volta. A paz divina torna o ser humano fortes para viverem para Deus. Isso não significa ausência de problemas, mas indica que tudo contribui para o bem maior do ser humano.

O cântico de Zacarias louva a Deus por seus atos salvíficos ao longo da história, tanto no passado quanto no futuro. A ação de Deus é o motivo central do canto. Com ele, aprendemos que Deus deve ser louvado pelo que é e pelo que faz, e o que fará no meio do Seu povo. Zacarias adorou a Deus de uma forma extravagante nesse hino, e nós precisamos aprender com ele a sermos os adoradores e adoradoras que o Pai procura.

Oração:

Deus amado, reconhecemos a Sua bondade e pedimos ao Senhor que ajude-nos na missão de Lhe adorarmos com toda nossa vida. Amém.

Pastora Joseane Goese