Em Foco

Devocional Diário 20/10/2021

Introspecção:

Texto base: Atos 2v1-4

 

Precisamos de um avivamento que venha nos libertar definitivamente das limitações e as prisões da religiosidade. “Religiosidade não gera avivamento; pelo contrário, inibe ou apaga”. A religiosidade oprime a vida porque está baseada em rituais, aparências e esforços artificiais e sociais.

O avivamento de Wesley gerou a reforma da religião no século XVIII na Inglaterra. O cristianismo daqueles dias havia sido diluído por seus mestres, tornando-se insípido. Na religião não havia lugar para quebrantamento e arrependimento, porque a visão de santidade estava afastada da vida da Igreja, do clero e da nação.

Neste contexto, Deus levanta Wesley como uma voz profética para revitalizar a religião, de forma que o povo compreendesse que o cristianismo era a revelação do amor redentor de Deus em Jesus Cristo. E, foi também num contexto de religiosidade, de crise, de pecado (a partir do qual a religião estava morta, pois o império romano estava em luxúria e opressão) que o avivamento de Atos aconteceu para:

1 -Manifestar as grandezas de Deus no meio das nações, a voz missionária do avivamento. “[…] todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus.” (Atos 2:9-11).

  • Para que a Igreja fosse a voz profética do avivamento e nós fôssemos a ação desta

Somos a voz missionária da Igreja. Temos o exemplo de Pedro pregando em Jerusalém: “Arrependam- se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam perdoados”. Pedro afirma: “O que, de fato, está acontecendo é o que o profeta Joel disse […]” (Atos 2:17).

  • Para se cumprir os atos proféticos e atos apostólicos através da

Aprendemos que: O profético proclama o Reino, traz a consciência do juízo sobre o pecado, leva o povo ao arrependimento e à mudança de vida.

4 –Para cumprir a dimensão apostólica que é o ide, o envio.

A Igreja é apostólica e precisa ir, abrir caminhos, apontar direções. Enviar novos discípulos, ensinando, pregando, batizando, transformando a cultura, estabelecendo o Reino até os confins da terra. Nesta esfera apostólica, acontece o movimento e a expansão missionária, o evangelismo e a plantação de novas igrejas, frutos de um avivamento missionário.

Este é o legado na visão Wesleyana. Vocês não têm nada a fazer, senão salvar almas. Portanto, gastem tempo e sejam gastos nessa obra. Devem ir sempre, não apenas ao encontro dos que precisam de vocês, mas, principalmente, daqueles que mais necessitam de vocês.

Missionário Marcelo Barros

*Mensagem editada do sermão do Pr. José Pontes Sobrinho (IMC-BH)