Em Foco

Devocional Diário 26/10/2021

Introspecção:

Texto base: LUCAS 18.9-14“ Mas o cobrador de impostos ficou de longe e nem levantava o rosto para o céu.” (Lc 18:13)

 

Agradecer é um ato que sempre faz bem para quem agradece e para quem recebe a gratidão. E, quando se é grato a Deus? Não existe ato mais bonito de uma pessoa temente a Deus do que ter o coração agradecido.

Entre tantas coisas pelas quais podemos agradecer a Deus em uma conversa com Ele, em uma oração, você citaria o reconhecimento por suas falhas? Parece estranho, não é? Mas, na parábola que Jesus contou e que está registrada no Evangelho de Lucas, há o registro de duas orações: uma de um fariseu e outra de um cobrador de impostos. E apenas uma delas foi elogiada por Jesus.

Na sua oração, o fariseu agradeceu a Deus por várias coisas, por qualidades que possuía: não era avarento, nem desonesto, nem imoral, cumpria os ofícios religiosos jejuando e ofertando. Ele até agradeceu por não ser um cobrador de impostos. Por sua vez, o cobrador de impostos, ao orar, nem mesmo levantava o rosto para o céu. Ele apenas suplicava para que Deus tivesse misericórdia dele, porque ele reconhecia ser ele mesmo um pecador: “Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!” (Lc. 18:13). E, foi essa oração que recebeu a aprovação de Jesus, quando ele disse: “Eu afirmo a vocês que foi este homem, e não outro, que voltou para casa em paz com Deus” (Lc. 18:14).

Mas, onde estava o agradecimento do cobrador de impostos? Na súplica por misericórdia. Mesmo que pareça estranho, gratidão se faz presente nesse pedido. Somente Deus Espírito Santo é capaz de fazer com que reconheçamos os nossos pecados, que reconheçamos que não somos melhores do que ninguém e que precisamos do perdão em Jesus. E, reconhecer a dependência da obra de Jesus nos leva a dizer: “Ó Deus, eu te agradeço!”. Isso faz bem, traz paz e torna o coração agradecido por obra de Cristo Jesus.

Que Deus nos leve a reconhecer nossos pecados diariamente e agradecer pelo perdão concedido em Jesus. Amém.

 

 Pr. Silas Coutinho.