Em Foco

Devocional Diário 28/08/21

INTROSPECÇÃO:

Texto base: Romanos 6:1-14

 

A Bíblia, a Palavra de Deus, nos diz: “Onde abundou o pecado, a graça se multiplicava ainda mais” (Romanos 5:20). Na verdade, alguns tentaram desacreditar Paulo, dizendo: “Ótimo! Vamos continuar pecando, para que haja ainda mais graça”. Paulo respondeu: “Absolutamente não” (O grego significava literalmente “Que nunca seja!”). O batismo, disse ele, nos identifica com a morte de Jesus. Ele escreveu a pessoas comuns, verdadeiras, expressando a mesma ideia: “Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (Cl 3:2-3). No dia 05 de setembro, na Festa das Águas, teremos o momento do batismo. Creio que será algo poderoso em sua vida. Procure a secretaria de nossa igreja ou o Pr. Silas Coutinho, e se prepare para este momento tão especial da vida do cristão/ã.

A questão em Romanos 6:1 não era imaginária, e nem apenas do primeiro século. Por exemplo, o infame monge russo Rasputin racionalizou seus atos imorais dizendo que a graça de Deus precisava de algo para perdoar.  O que nos torna melhor é escolhermos uma vida livre da dominação do “pecado” (isto é, atitudes e ações que nos conectam a Deus e as pessoas), ao invés de uma vida de escravidão ao pecado.

Paulo viu o batismo como algo muito mais do que um ato simbólico. “Aqui, aqueles ‘batizados/as em Cristo’ (v. 3) perdem sua solidariedade corporativa com o ‘velho homem, velha mulher’, que também poderia ser traduzido como ‘velha humanidade’ (em Adão), para encontrar uma nova identidade com Cristo (ver Romanos 5: 15–21)”. A partir de então, teremos vida plena, abundante em Cristo. Deus quer conceder a nós nova vida, vida abundante.

Neste tempo de consagração, buscamos em Deus a salvação de nossos parentes, vizinhos e amigos. Clamamos para que o Senhor salve nossa cidade, estado e nação. Junte-se a nós! Somos Igreja JUNTOS!

 

Oração:

 

Senhor Jesus, chamá-lo de “Senhor” não quer dizer: “Obrigado por me deixar do jeito que sou.” Quer dizer: “Eu quero que o Senhor me oriente a trocar meus vícios por hábitos santos e verdadeiros. Governe a minha vida e santifica-me”. Eu oro em nome de Jesus e no poder do Espírito Santo, amém!

 

Em Cristo, Pr. Wesley Soares do Nascimento