Em Foco

Guia para Células 06/10/21

Introspecção:

Texto base: Marcos 12v28-34

 

Quais deveriam ser as características do nosso amor por Deus? A resposta de Jesus descreve esse amor de forma intensa, extravagante: de todo o coração, de toda a alma, de todo o entendimento e com todas as forças.

Certa vez, li que nós realmente amamos aquilo em que investimos nosso tempo, energia e dinheiro. Nosso amor e adoração não podem estar só em discurso; é preciso que ele se manifeste de forma prática.  Já pensou nas loucuras que as pessoas fazem por coisas corruptíveis e passageiras?

  • Por time de futebol: pessoas dispostas a tirar sua própria vida se o time é rebaixado;
  • Por política: pessoas que ficavam acampadas diariamente na porta da prisão do Lula;
  • Por celebridades: pessoas que escrevem cartas quilométricas declarando o amor pelo ídolo;
  • Pela religião: pessoas que fazem peregrinações quilométricas para pagar suas promessas;

E, assim vai. Temos grandes manifestações de amor por um namorado(a), pelo filho(a), pelo trabalho, etc. Um casal de namorados, quando inicia o relacionamento, está ali de todo o coração, de toda a alma, de todo entendimento, com todas as forças, disposto a investir todo o tempo, energia e dinheiro que tiver. A extravagância nem sempre está nas coisas mais insanas. Ela pode estar na firmeza de perseverar  nas coisas simples e essenciais.

Lembro-me do testemunho do Pr. Lucinho Barreto, autor de um livro chamado “Loucos por Jesus”, que destaca exatamente a história de cristãos ao longo da história que tiveram atitudes extravagantes por amor a Cristo. Quando perguntado qual a maior loucura que ele já fez por amor a Jesus, ele respondeu: “ Eu oro a Deus todos os dias”. O texto bíblico diz que “onde está o nosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Lc 12v34).  Aonde está nosso coração?

Oração: Senhor, ajuda-nos a cumprir aquilo que é o mais importante: Amar ao Senhor de todo o coração,  de toda alma, com todo o entendimento e com todas as forças. Em nome de Jesus, amém!

Marcelo Barros