Em Foco

Série VIII – É NATAL! – PARTE I

INTROSPECÇÃO – Lc 1:26-38

 

Espero que você tenha tido um ótimo final de semana. Domingo foi a segunda semana do Advento – a segunda das quatro semanas que antecedem o Natal. A Estação do Advento, uma temporada de espera, é concebida para cultivarmos a nossa consciência acerca das ações de Deus — no passado, no presente e no futuro. No Advento ouvimos as profecias do Messias vindouro como dirigidas a nós (Isaías 7:14; Isaías 9:8; Miquéias 5:2) — pessoas que esperam pela segunda vinda. No Advento aumentamos a nossa antecipação pelo cumprimento de todas as promessas do Antigo Testamento, quando o lobo viverá com o cordeiro, a morte será tragada, e cada lágrima será enxuta (Isaías 11:6-10). Dessa maneira o Advento destaca para nós a História mais ampla do plano redentor de Deus.

DESAFIO ESPIRITUAL
Uma tensão deliberada deve ser incorporada à nossa prática na estação do Advento. Cristo veio, e ainda assim nem todas as coisas foram completadas. Enquanto nos lembramos da espera de Israel e esperamos e damos graças pelo nascimento de Cristo, também antecipamos sua segunda vinda no final dos tempos. Por isso, o Advento começou como uma temporada penitencial, um tempo para a disciplina e arrependimento intencional na confiante expectativa e esperança de que Cristo está vindo outra vez.
Lembramos de Lucas 1: 26-38, onde o anjo Gabriel aparece a Maria anunciando que ela conceberá e terá um filho a quem dará o nome de Jesus, um menino que é o Messias, o Filho do Altíssimo. Sabemos que a história da humanidade a partir de então é multiplicada em dois momentos: Antes de Cristo (A.C) e Depois de Cristo (D.C). Jesus, o filho de Deus é o divisor da história da humanidade e divisor importante e importantíssimo no nosso modo e estilo de vida. Quando Jesus entra no coração: “… eis que tudo se faz novo”II Co 5.17c.
Cada semana haverá oportunidades para você adorar, estudar, servir, dar e compartilhar, enquanto nos concentramos em preparar nossos corações para um Natal profundamente significativo e com Cristo. Uma Igreja Grande para Impactar e em Células para Amar, Cuidar e se Importar é Cristocêntrica. Estaremos cantando hinos do Advento e canções de Natal a cada fim de semana, e sempre relembrando as histórias que antecederam, e incluindo, o nascimento de Jesus. Neste tempo somos desafiados a compartilharmos, doarmos, praticarmos atos de misericórdia para com o nosso próximo. Depois de uma temporada de quase dois anos de pandemia, Deus nos concede a oportunidade de celebrarmos o Natal com graça, benevolência e presentes nas atividades da vida e missão da Igreja.
Para muitas pessoas, esta época do ano é especialmente difícil. É difícil se sentir “alegre e brilhante” quando você experimentou uma perda e está enfrentando desafios pessoais. Quero que saiba que somos sua família na igreja e queremos cuidar de você e apoiá-lo.

 

PARA COMPARTILHAR:
1. Qual a sua expectativa para este Natal?
2. Como podemos ser uma comunidade Cristocêntrica neste tempo?
3. Como poderemos ser comunidade terapêutica neste tempo de tantas perdas, dores e desafios devido a pandemia que ainda assola muitos países ao redor do mundo?